Aulas de Física e Química

O Som e a Luz...

Os Espelhos

Os espelhos estão presentes em muitas das nossas actividades diárias. A utilidade do espelho varia consoante a sua forma. Assim, distinguem-se espelhos planos de espelhos curvos ou esféricos:

Espelhos Planos

Espelhos Convexos

Espelhos Côncavos

Espelhos Esféricos ou Curvos

PUB

Espelhos Planos

São os espelhos planos que utilizamos com maior frequência. Para descobrir as características das imagens fornecidas por um espelho plano, nada melhor do que te colocares em frente a um. A imagem que vais ver de ti próprio/a terá as seguintes características:

Espelhos Planos

A imagem obtida ...
... é virtual, parece formar-se atrás do espelho;
... é direita e do mesmo tamanho do objecto;
...forma-se à mesma distância do espelho que o objecto;
... simétrica do objecto em relação ao espelho.
Imagem do livro "FQ8 - Sustentabilidade na Terra - Edições ASA".

Um espelho plano fornece apenas uma imagem de cada objecto, mas dois espelhos planos dispostos como na figura seguinte mostram várias imagens do mesmo objecto:

Quanto menor for o ângulo entre os espelhos, maior o número de imagens obtidas.

Ao colocar um espelho em frente de outro, a luz é sucessivamente reflectida de um espelho para outro, dando origem a imagens como estas:

Um espelho plano fornece apenas uma imagem de cada objecto, mas dois espelhos planos dispostos como na figura seguinte mostram várias imagens do mesmo objecto:

Nos cabeleireiros é habitual encontrar dois espelhos colocados um em frente ao outro, o que permite obter imagens semelhantes a estas. Da próxima vez que fores ao cabeleireiro não te esqueças de reparar neste aspecto.

Espelhos Convexos

Os espelhos curvos convexos também têm alguma utilidade no nosso dia-a-dia. Eis alguns exemplos:

Nos espelhos encontrados nos cruzamentos das estradas e nos retrovisores dos automóveis são utilizados espelhos convexos.

Estes espelhos, por serem curvos (esféricos), representam-se da seguinte forma:

Quando sobre eles incide um feixe de raios paralelos, os raios reflectidos serão divergentes, tal como se mostra na figura seguinte:

Ao prolongar, com um tracejado, os raios reflectidos para trás do espelho, estes cruzam-se num ponto a que chamamos Foco. Este Foco, por se encontrar "dentro" do espelho, é considerado um Foco virtual.

Imagem do livro "FQ8 - Sustentabilidade na Terra - Edições ASA".

Num espelho convexo, as imagens apresentam as seguintes características:

A imagem obtida ...
... é virtual, parece formar-se atrás do espelho;
... é direita;
...menor que o objecto;
... simétrica do objecto em relação ao espelho.
Imagem do livro "FQ8 - Sustentabilidade na Terra - Edições ASA".

Espelhos Côncavos

Os espelhos curvos côncavos são também bastante úteis no nosso dia-a-dia. Eis alguns exemplos:

Nos espelhos de beleza e nos faróis dos automóveis são utilizados espelhos côncavos.

Estes espelhos, por serem curvos (esféricos), representam-se da seguinte forma:

Quando sobre eles incide um feixe de raios paralelos, os raios reflectidos serão convergentes:

Todos os raios convergem para um único ponto a que se dá o nome de Foco. Este Foco, como se encontra fora do espelho é um Foco real:

Imagem do livro "FQ8 - Sustentabilidade na Terra - Edições ASA".

Num espelho côncavo, a imagem apresentada depende da distância a que o objecto se encontra do espelho. Assim:

Quando o objecto está muito afastado do espelho, a uma distância superior ao raio (sobre a linha vermelha)...

a imagem é real, invertida e menor do que o objecto.
Imagem do livro "FQ8 - Sustentabilidade na Terra - Edições ASA".

Quando o objecto está entre o foco e o centro (sobre a linha vermelha)...

a imagem é real, invertida e maior do que o objecto.
Imagem do livro "FQ8 - Sustentabilidade na Terra - Edições ASA".

Quando o objecto está muito próximo do espelho, entre o vértice e o foco (sobre a linha vermelha)...

a imagem é virtual, direita e maior do que o objecto.
Imagem do livro "FQ8 - Sustentabilidade na Terra - Edições ASA".

PUB

Outras Utilizações dos Espelhos

Os espelhos são ainda utilizados na construção de Periscópios. Um Periscópio permite-nos ver para além de um obstáculo, fornecendo-nos uma imagem de um nível superior (ou inferior) aquele em que nos encontramos. Os submarinos encontram-se equipados com periscópios. Com este equipamento, e estando submersos, conseguem detectar navios na superfície da água.

Periscópios




Professor Nuno Machado Ciências Físico-Químicas Hit Counter by Digits